- kelly.

Talvez, eu pensei que seria mais uma, como tantas outras que passaram na minha vida, que simplesmente arrancou um sorriso meu e no dia seguinte deixou de existir. Mas ao pensar isso eu tive uma surpresa; estava equivocado. Ao me despedir de todos que eu amava, eu derramei lágrimas de meus olhos, pois não queria aceitar a falta que fariam para mim, mas não pude me conformar em despedir-me de ti. Lembro, agora mesmo, aquela noite terrível, quando isso aconteceu. Eu me opus a dizer adeus ou algo do tipo e me segurei ao carro; não queria que ali fosse o fim. Hoje estamos como o sol e a lua, que ambos sabem de sua existência, mas não podem se abraçar. Mas nós nos abraçamos dizendo “até logo” em pensamento; nos sintonizamos naquele abraço e conversamos muito com o silêncio nos lábios e lágrima nos olhos. Aí eu me perguntei, por que... por que ela não poderia ser somente mais uma? Mas parte do meu coração já não pertencia a mim; você roubou e levou consigo, escondendo-o onde jamais eu acharia... e não achei. Estou aqui, com o coração incompleto, mas que continua batendo, feliz, de saber que a outra metade dele está sendo cuidada por alguém que o tem, sem permissão.
"Tenho saudades de ti."

0 comentários:

Postar um comentário