- sonhos destruídos.

Busquei vários meios para conseguir, mas não deu. Fui paciente, fui compreensivo, fui tolerante; quebrei meus limites. Segurei até onde pude, mas parece que você não percebe. Você olhou apenas para seu ego superprotetor, impedindo de enxergar o que estava acontecendo ao redor. Tudo foi acabando... pouco a pouco. Agora vou pegar todos meus sonhos fragmentados e jogarei no vaso e darei descarga para que eles fiquem onde deveriam ficar; bem acompanhados. Você me queimou, me destruiu, me abandonou; me amou, me usou e depois não quis mais.
"Eu tentei, será que você não vê?!"

0 comentários:

Postar um comentário