- inafiançável.

Tentei escolher as melhores razões que não eram; mas o silêncio do medo encheu meu coração mais uma vez. Sei que tempo trará a esperança de volta como um raio em uma tempestade; mera verdade. E mesmo que busque as mais sinceras palavras, elas não dirão o que eu realmente sinto. Eu tranquei minhas janelas; a luz não entra mais, e o som do vento parece desafinado. Mas o que fazer se seu nome está gravado em meus pulmões e toda vez que respiro você vem em minha mente?! Mente... eu quero te esquecer, mas ela não deixa. Então, já que será assim, não vou deixar que o tempo arranque você de mim. Eu não vou dizer adeus, porque ainda tenho tanta coisa pra te contar; não posso perder o que sempre foi (e sempre será) meu. Estou condenado por um crime que não cometi. E mesmo que eu pare de escrever, quando estiver na cama, segundos antes de dormir eu lembrarei de você.
"Sinto saudades de uma pessoa que nem imagina a falta que me faz."

0 comentários:

Postar um comentário