- vá.

Não importa quantas vezes eu tente, parece que nada vai mudar. Por que sou sempre o último a saber que o amor é cego? Por que ainda quero investir e insistir? Não sou seu passatempo. Saia de mim. Você é como uma célula cancerígena... nunca vai embora, e quando vai, reaparece, como uma sombra do passado. Você está num julgamento, e só tem o direito de permanecer calado, e tudo o que disser será usado contra você. Apenas aceite sua sentença de sair da minha vida. Suma! Fuja! Se esconda! Morra! Mas saia.... pois tirei a placa de "seja bem-vindo"... não há mais vagas.
"Tudo ficou preto e branco, onde costumava ser colorido."

0 comentários:

Postar um comentário