- por você.

Ahh, se você soubesse... ahh, se você soubesse o quanto eu olho para você... esses olhos levemente apertados e sem brilho, com muitas alegrias passageiras e poucas delas para sempre... se soubesse viria até mim para chorar todas as lágrimas que não chorou no enterro do seu coração. Sim... eu estaria aqui, disposto a te ouvir, só para ter suas mãos, nem que sejam bem próximas às minhas, para os dedos se entrelaçarem e dormirem ali mesmo. Eu iria te abraçar por um grande espaço de tempo, onde eu teria o controle da fermata, só por você. Mas não tenho você, não posso ter, e talvez, nunca terei... Você é e continuará sendo um sonho do qual não quero acordar, mesmo sendo um amor unilateral. Basta ter sua presença, que eu guardarei tudo isso somente dentro de mim, onde trancarei a porta e jogarei a chave no fundo do mar dos meus pensamentos.
"Saudades do seu sorriso desajeitado que você nem sabe..."

0 comentários:

Postar um comentário