- solte-se.


É preciso deitar, é preciso sentar, é preciso andar, é preciso caminhar, é preciso correr, é preciso voar; a vida é mesmo urgente, sabe?! Eu prefiro mesmo é caminhar sem pressa, deslizando pela estrada brilhante, onde o fim é apenas o começo. As nuvens e o Sol são consequências; as estrelas e a Lua, coincidência. Pra que suas luzes se, ao viajar, estarei de olhos fechados? Embarcarei em alguma coisa e me acomodarei em algum canto, indo para algum lugar, viajando indefinidamente, como uma nave especial perdida no céu abundante, confiante naquEle que me guia.

“Abro mão de tudo. Apenas irradio fé, amor e sorrisos.”

0 comentários:

Postar um comentário