- em seu silêncio.

Sei que não está mais aqui. Mas me sinto bem melhor assim, pois sei que doeu, mas não existe ferida que não cicatrize, existe?! Há uma triste história de um homem que resolveu manifestar seus problemas na bebida (não lembro se era gim ou vodka) por não querer mais falar; emudeceu pra sempre. Estava perdido por dentro, contando histórias, em silêncio, para o fundo de uma garrafa vazia. Perdia horas olhando ao redor, procurando um ponto fixo no qual o chamasse atenção; mas nada achava, além de sua garrafa. Um estrondo cessou o silêncio e sua garrafa partiu-se em milhares de cacos. Tentou procurar outra garrafa cheia ou vazia, não importava, mas aquela era insubstituível. Com uma cola de colar papel (era a única que tinha) tentou colar os pedaços, mas se cortou profundamente , abrindo mais uma cicatriz sangrenta, na qual demorará outro tempo para cicatrizar.
"Você não pode brincar com coisas quebradas."

0 comentários:

Postar um comentário