- sim, ainda melhora.

E finalmente o verdadeiro sorriso voltou. Talvez ele andou perdido, escondido atrás do falso sorriso ou alguém o roubou; mas agora voltou. Ninguém o tirará; ele não vai mais embora. Talvez coisas do passado devem ficar no passado e é isso. Amor? Sempre existiu e sempre existirá, porque “eu te amo” é pra vida inteira, pelo menos pra mim que sei realmente o seu verdadeiro significado, mas essa não é uma dádiva pra todos. Apenas veio, fez-me muito bem, depois fui jogado num poço que, toda vez que eu caia no fundo abria-se um outro buraco; não tinha fim. Mas dessa vez desejei uma cama elástica e ela apareceu, e junto com ela uma novidade de vida, onde “caiu e chorou” serão somente dois verbos de continuação da frase “de rir”, nada mais. As lágrimas nunca conquistaram nada; e não vão. Apenas, adeus passado...
“... e olá futuro, ainda bem que você não desistiu de mim, estou aqui novamente; destemido.”

0 comentários:

Postar um comentário