sábado, 8 de dezembro de 2012

- pequenas luzes.

Você parece querer o escuro quando está tudo claro e querer o errado quando está tudo certo. Isso te faz bem? Sentir coisas opostas, enganando, dizendo que ainda ama? Isto está me deixando louco. Hoje você olha ao teu redor e vê tudo como gostaria que fosse; tudo como sonhou. Apenas esqueceu-se de tudo e começou do zero, como se a vida tivesse sido criada naquele momento; tudo em um piscar de olhos. Vai demorar muito tempo para você perceber que o tempo está passando? O mundo que está em suas mãos é o seu. Mas, se ele fosse meu, eu juraria que se não houvesse brilho no vasto céu, eu te esqueceria para sempre. Então olhei para o céu e dei um sorriso... dei um suspiro e continuei naquele momento, com aqueles pontinhos de luz.
“Porque o brilho delas ainda me lembra você.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário