- juntos.

Um dia sem te ver; talvez eu já sabia que isso aconteceria. Supero com seu sorriso que guardei dentro dos meus olhos quando estão fechados. A distância sempre foi um detalhe desprezível, que é morto toda vez que te encontro. A saudade, agora, toma conta do meu ser e pensei que nunca mais a sentiria. Eu não queria que isso acontecesse, porque pensei que não era capaz, e sei que sozinho não posso; é inútil tentar. Mas quando se está longe é quando realmente vemos o quanto somos incompletos sem aquele alguém; eu chamo isso de “completar”. Sei que o final feliz é impossível e que as flores um dia secarão, mas que continue enquanto existir.
"Mas talvez a madrugada seja feita para pensar e esquecer do resto do mundo, e não dormir".

0 comentários:

Postar um comentário