- o jeito que estou.


Sabe o que é você ser olhado e não se sentir apenas mais um pedaço de carne? Quando você é olhado com um olhar de amor ou de desejo fica certa marca guardada dentro de si, saca!? Algo que, mesmo que você não queira fica ali. Eu disse que temia olhar nos olhos... eu avisei. Evitei, dei meu máximo, mas fui infectado; e envenenado por você fico pensando onde estará e o que estará fazendo... E porque não está aqui comigo. Eu gostaria de levar-te de volta pra casa, vendo as luzes da rua acenderem e brilharem, iluminando nosso caminho. Dormir sendo zelado por um anjo, disposto a ficar ali, ao seu lado, esperando-te acordar, dure o tempo que durar protegendo-te dos pesadelos com um simples e único abraço. E ao acordar lembrar de que não fora um sonho, mas sim a realidade, àquela de que tento precisei. Não me entreguei e nem pretendo. Serei duro comigo mesmo e com meu coração. Banirei você da minha vida e da minha mente. Você não tem permissão para entrar... O espaço já está ocupado por outro alguém. Quero que saia; quero que fique. Não foi o melhor dia, mas você tornou-o melhor. Eu não queria te ver, agora não tenho tanta certeza disso... Por que hipnotizou-me? Quero que estrale seus dedos e desfaça sua hipnose e deixe-me continuar minha vida, como ela era a uns dias atrás. Suma! Vá e não volte. Quero interferir você de minha mente arrancando-te para nunca mais voltar...

“Só espero não estar atrasado.”

1 comentários:

Nanda Montanaro disse...

Lindo *-* perfeito... e triste T_T

Postar um comentário