- odisséia despetalada.


A lira cantou para atrair os pássaros
Deveras eles ouvirem
Suas assas bateram
Para nunca mais voltar.

Cantou para o Sol
Cantou para a Lua
Ele se afugentou nela
Juntos, o céu perambularam.

Enfraqueceu-se sua canção
Por não haver recíproco
Triste deixou de cantar.

Canção do exílio de um sonho maior
Sintética cantou sua melhor coletânea
Hoje, solitária, canta alto seu hino aos que sonham.

0 comentários:

Postar um comentário